Não foi uma tragédia natural. Foi um crime!

Bandidos disfarçados de representantes do povo defendem os interesses do grande capital contra a vida.

Agora fica a dúvida se o novo governo continuará a querer flexibilizar e desregulamentar as leis ambientais que são importantes para a preservação da natureza e da vida?

O novo desastre em Brumadinho, Minas Gerais, foi uma espécie de bomba relógio que estava anunciada para todos, mas que ninguém, responsável pelos passivos da Vale do Rio Doce, quiseram ver. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *