Escolas sem Futuro x Escolas sem Partido

Escolas municipais e estaduais estão abandonadas por todo lado.

Os alunos devem gravar vídeos das escolas sem ventiladores, cadeiras, pintura, água, alimentação, professor…
Um exemplo claro deste cenário de abandono da Educação do País e das limitações impostas a formação de nossos jovens está na cidade de Duque de Caxias. O município é um dos mais ricos do Estado quanto ao seu Orçamento Municipal e ao PIB, mas amarga as piores colocações no IDH e em relação ao desempenhos dos alunos da formação básica.
Pesquisas que identifiquem e auxiliem na gestão das políticas públicas do município são urgentes para colaborar na reversão do quadro de crise da educação em Duque de Caxias.
No entanto, um dos problemas mais graves é a da falta de pagamento dos profissionais da rede de educação. Os professores da ativa e pensionistas chegaram a ficar com os pagamentos atrasados durante três meses. Parte dos professores não possuía recursos suficientes para pagar o deslocamento para as escolas com passagens e gasolina para os carros. O atraso dos pagamentos e a falta de um dialogo qualificado com os profissionais da educação têm levado a um quadro de conflito constante entre os servidores e o prefeito, que tem dificuldade em gerir a crise e reverter os grande desgaste de sua gestão.
As evidências apontadas pelos professores de que outras categorias e as empresas “ligadas ao prefeito” estão com seus salários em dia, leva o quadro de educadores a considerar que a pasta de educação tem o desprezo do prefeito da cidade.
As reportagens abaixo feitas por grandes veículos de comunicação ajudam a dar uma dimensão dos problemas enfrentados pelas crianças e mães da cidade de Duque de Caxias.
https://extra.globo.com/noticias/rio/professores-de-caxias-reclamam-do-abandono-das-escolas-municipais-18974435.html
https://noticias.r7.com/rio-de-janeiro/balanco-geral-rj/videos/pais-de-estudantes-denunciam-abandono-de-escola-municipal-de-duque-de-caxias-25062018

#escolaseminfraestrutura
#vemproconselhodeeducacao
#fiscalizaoscontratosdaescola

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *